domingo, 25 de janeiro de 2009

Receitas da Vovó: Bolo de Cenoura com cobertura de chocolate


Olá pessoal a receita de hoje vai ser de Bolo de Cenoura com cobertura


de chocolate:




INGREDIENTES:




1/2 xícara (chá) de óleo


3 cenouras médias raladas


4 ovos


2 xícaras (chá) de açúcar


2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo


1 colher (sopa) de fermento em pó






COBERTURA:




1 colher (sopa) de manteiga


3 colheres (sopa) de chocolate em pó ou Nescau


1xícara (chá) de açúcar


Se desejar uma cobertura molinha coloque 5 colheres de leite






MODO DE PREPARO:



1 Bata tudo no liquidificador, primeiro a cenoura com os ovos e o óleo, depois os outros ingredientes misturando tudo, menos o fermento


2 Esse é misturado lentamente com uma colher


3 Asse em forno pré aquecido (l80ºC) por 40 minutos


4 Para a Cobertura: misture todos os ingredientes, leve ao fogo, faça uma calda e coloque por cima do bolo.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Coisas fofas: Animais

Olá pessoal o ''Coisas Fofas'' de hoje vai ser de animais:






















































































































quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Brinquedos e Brincadeiras: Vai-vem


Oi pessoal nosso primeiro ''Brinquedos e Brincadeiras'' vai
falar com se monta o brinquedo Vai-vem :












MATERIAL:





- 2 garrafas de refrigerante do tipo PET.



- 2 rolos de papelão.



- Dois barbantes de varal de 3 metros decomprimento cada um.



- 4 pedaços de madeira de 22 centímetrosde comprimento cada um.



- Papel camurça colorido.



- Cola branca e colorida.



- Tesoura.



COMO FAZER:



1. Peça a um adulto que corte ao meio as duas garrafasde refrigerante e encaixe uma na outra.













2. Recorte faixas e estrelas de papel colorido e cole-asno corpo do brinquedo para decorá-lo.











3. Passe os cordões de náilon pelo corpo do vaivém,como indica a foto. Não deixe que se cruzem.












4. Encape as madeirinhas com papel camurça e enfeite-as com faixas de papel camurça e cola colorida.









5. Peça a um adulto que corte os rolos de papelão ao meio. Eles impedem que o vaivém bata na sua mão.











6. Encape e decore os rolos com papel camurça e cola colorida.











7. Passe fio pelos rolinhos e amarre cada uma das pontas numa madeirinha. Está pronto o brinquedo!























































terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Receitas da Vovó:Bolo de Chocolate Molhadinho


Oi pessoal eu queria falar que as "Receitas da Vovó" vai dar dicas

de culinária, e nossa primeira receita vai ser do Bolo de Chocolate

molhadinho é uma delicia:


INGREDIENTES:


2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de leite
6 colheres de sopa cheias de chocolate em pó
1 colher de sopa de fermento em pó
6 ovos



MODO DE PREPARO:





1 bata as claras em neve, acrescente as gemas e bate novamente, coloque o açúcar e bata outra vez

2 coloque a farinha, o chocolate em pó, o fermento, o leite e bata novamente

3 Untar um tabuleiro e colocar para assar por aproximadamente 40 minutos em forno médio

4 Enquanto o bolo assa faça a cobertura com 2 colheres de chocolate em pó, 1 colher de margarina, meio copo de leite e leve ao fogo até começar a ferver

5 jogue quente sobre o bolo já assado

6 É só saborear




segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Coisas Fofas: Jolie

Olá pessoal eu queria falar que "Coisas Fofas " terá imagens de
coisas fofinhas as primeiras imagens são essas da Jolie:





























































Coisas novas no blog

Olá pessoal venho falar das novas categorias que vou colocar no blog :

BRINQUEDOS
E
BRINCADEIRAS

RECEITAS
DA
VOVÓ

CURIOSIDADE
ANIMAL

COISAS
FOFAS

ENSINO
BIBLICO

sábado, 17 de janeiro de 2009

O amor de um cão

Vestes sujas, corpo que há muito não sentia água
e sabão, vivia um velho com seu cão Fiel, catando
papael e garrafas pet pelo bairro. Seu único bem:
uma espécie de carroça, onde também morava.
Era a figura mais conhecida de minha rua.
Todos o conheciam, havia sempre alguém a lhe
dar uma xícara de café, um pão, um prato de
comida. E quando fazia muito frio ou chovia, obtinha
refúgio numa de muitas garagens da minha rua.
A comida que ganhava o
velho dividia com
seu cão.
Fiel também já passara, há muito, dos seus dez
anos de idade. Isso para um cão equivaleria à
velhice. Lembro-me perfeitamente bem quando o
velho o encontrou dentro de uma caixa de
sapatos, com poucos dias de vida. O velho ia de
casa em casa pedir um pouco de leite para o
cãozinho. E assim foi ... o tempo passou. Fiel, o
cão, estivera ao seu lado, sem nenhum lamento,
nos bons e maus momentos...
No mês passado, ao colocar o saco de lixo na
rua, de madrugada, notei a carroça do velho
estacionada e Fiel uivando em lamentos, nunca o
vira assim chamei pelo velho.
Nenhuma resposta.
O velho parecia estar
dormindo. Mas, ao tocá-lo,
senti a rigidez da morte.
Vizinhos cotizaram para providenciar o eterro.
Descobrimos que estava tudo pago, desde o seu
caixão até seu jazigo no cemitério da cidade.
Inclusive flores.
O velho cão permaneceu ao lado do caixão no
velório municipal. Acompanhou o féretro. E ficou
deitado ao lado da sepultura do velho. Não queria
acompanhar ninguém.
Durante alguns dias levei água e comida. Todavia,
Fiel, não queria comer nem beber. Recusou até
um bom pedaço de carne.
No quinto dia, encontrei-o rígido: ele fora se
encontrar com seu dono.
Creio que o acompanhará por toda a eternidade.

sábado, 3 de janeiro de 2009

Se todas as gentes se dessem as mãos


Pessoalmente,não posso fazer feliz

toda humanidade.

São bilhões de pessoas,

de almas aflitas e apáticas

que,em mil línguas e dialetos,

trazem-me à mente a tragédia da minha limitação.

Habitam o cume dos montes,

o fundo do abismo,

isoladas ilhas no grande mar da vida,

onde só chega pela estreita ponte da renúncia,

pelo incômodo barco da tolerância

para com as fraquezas do próximo.

Mas,atravessando a ponte,

tomando o barco

ou usando cordas de boa vontade,

posso levar felicidade

àquele que está perto de mim.

Basta,às vezes,um alegre bom-dia,

um sorriso amigo,

um elogio sincero,

um "era exatamente isto que eu desejava"

ao receber mais uma peça

para meu acervo de lembranças

sem utilidade prática,

boas para o coração.

Pessoalmente,não posso fazer feliz

toda a humanidade,

mas,louvado seja DEUS,

posso estendera mão

ao que está perto de mim

e passar-lhe um pouco da felicidade

que me enche o coração.

Bastará que o gesto seja ilimitado

para que a felicidade passe adiante,

a corrente se estabeleça ao redor da Terra,

fazendo o fim das guerras,

dos preconceitos de raça,

das divisões em castas,línguas e religiões.

Até seria possível,

quais crianças felizes,

"brincar-se de roda em volta do mundo

se todas as gentes se dessem as mãos".

Mascote do blog

Mascote do blog
Esse é o mascote do blog que se chama Fofinha. Sonia do cantinho do aconchego obrigada por ter feito essa mascote